Aba 1

Postado em 04 de Junho de 2016 às 18h04

Fluido de Freios - Por que Trocar?

Artigos (7)
  • Motofolks -

Não há como negar que o fluido de freios é uma parte extremamente importante do sistema de freios de uma motocicleta.

O fluido é o que transfere para as rodas a força que aplicamos sobre a alavanca ou pedal. Ele trabalha sob pressão e altas temperaturas e, assim, tem prazo de vida para desempenhar satisfatoriamente sua missão: parar a motocicleta.

Os fluidos de freios são feitos à base de glicol (DOT 3, DOT 4 e DOT 5.1)* e, altamente higroscópicos, absorvem toda a umidade do ar e do sistema de freios.

Com o tempo haverá um acúmulo de água no fluido, e ele acabará perdendo suas propriedades de lubricidade, condutividade e estabilidade térmica. Além disso, durante a frenagem, o sistema de freios gera calor, o que exige do fluido uma resistência a esse aumento de temperatura para não entrar em ebulição e gerar bolhas de ar.

É por esta razão que os fluidos de freio têm pontos de ebulição muito alto.

Os fluidos com especificação DOT 4, por exemplo, tem ponto de ebulição de cerca de 230 graus centígrados. Quando contaminados por umidade o ponto de ebulição pode cair cerca de 80 graus Celsius.

Essa situação exige inspeção e trocas periódicas para preservar as características do sistema de freios e, consequentemente, seu desempenho e segurança.

Para utilização urbana ou em em estradas recomenda-se que o seu fluido de freio seja trocado a cada 1 ou 2 anos.

Na pista, contudo, onde se requer o melhor desempenho, faça inspeções regulares e trocas mais constantes.

* DOT: Os fluidos de freio são classificados por um número “DOT”, que é a sigla para o "Department Of Transportation" dos Estados Unidos da América. Quanto maior o número DOT, maior é o ponto de ebulição do fluido, conforme as seguintes normas:DOT 3 = 205ºC; DOT 4 = 230ºC; DOT 5.1 = 260ºC

Veja também

Yamaha volta ao segmento touring com a Venture 201827/06/17 A Yamaha abandonou o segmento touring anos atrás ao deixar de produzir a Royal Star Venture, vendida apenas no exterior. Agora retorna a esse importante mercado nos Estados Unidos anunciando as vendas da nova Venture a partir de 2018. O modelo concorrerá principalmente com a tradicional Harley-Davidson Ultra Limited e a Indian Roadmaster, ambas touring clássicas com motores V2 e base derivada de......
Triumph lança novas Street Scrambler e Bobber no Brasil21/06/17Modelos clássicos da marca inglesa chegam ao país com preço público sugerido de R$ 41.990 e R$ 49.990, respectivamente A Triumph anunciou na tarde desta segunda-feira, dia 19 de junho, o lançamento das novas motocicletas clássicas da família Bonneville no Brasil: Street Scrambler e Bobber. As novidades da fabricante britânica chegam com preço......
Polaris fecha a Victory para concentrar recursos na Indian07/02/17 Decisão anunciada nesta segunda-feira (9) tem efeito imediato e busca elevar lucratividade da companhia .    O grupo americano Polaris – fabricante de veículos off-road, dos snowmobiles Rush, das motocicletas Indian e......

Voltar para Dicas